Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Uma entrevista com a cantora Mariza


 
Entrevista concedida em 2009 pela cantora de fado Mariza à SIC (siglas de Sociedade Independente de Comunicação, que foi a primeira estação de televisão portuguesa de carácter privado. As suas emissões iniciaram-se a 6 de Outubro de 1992, tornando-se no terceiro canal generalista.)

Mariza é uma das vozes mais internacionais da música portuguesa. Aqui  fala de quando ela começou a cantar, com apenas 5 anos, vejam só!, e do percurso que seguiu até a altura da entrevista. Para completar o que se diz no nosso livro sobre ela, é que publico aqui esta mensagem, ou este post, como dizem outros.

Ei-la a cantar um dos seus maiores sucessos, Ó gente da minha terra., já publicado no blogue; agora há uma diferença, Mariza canta ao vivo.

Reparem na forma vós (como já sabem, práticamente desaparecida, substituída por vocês).


Ó GENTE DA MINHA TERRA

É meu e vosso este fado
Destino que nos amarra
Por mais que seja negado
Às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve o gemido
De uma guitarra a cantar
Fica-se logo perdido
Com vontade de chorar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que a recebi

E pareceria ternura
Se eu me deixasse embalar
Era maior a amargura
Menos triste o meu cantar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que a recebi

(SOLO)

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que a recebi







terça-feira, 26 de novembro de 2013

Qual será "O Ouro do Sul"?



O ouro do Sul é, naturalmente, a cortiça, que é tirada dos sobreiros. Portugal é primeiro país produto de cortiça do mundo.

No dia 21 de Novembro teve início, no Museu Botânico de Beja (IPBeja), a exposição "O Ouro do Sul", com imagens captadas pelo fotógrafo Filipe Barroso.

Essas fotografias documentam o trabalho de uma equipa de descortiçamento, numa herdade do Concelho de Grândola, na vizinha região do Alentejo.


(Fonte: Casa na aldeia)




Grândola é uma vila portuguesa no Distrito de Setúbal, região do Alentejo e sub-região do Alentejo Litoral, com cerca de 10600 habitantes.



"Falamos Português" em Canal Extremadura - 23 de novembro de 2013


Programa Falamos Português do dia 23 de novembro no Canal Extremadura. O professor Luís Leal viaja até Estremoz para conhecer o seu mercado dos sábados. Vende-se ali muita coisa, como podem comprovar. E até podem comer uma boa fartura!

O programa trata dos pronomes possessivos, dos diferentes tipos de formas, materiais e outras características de productos, dos tipos de negócios e estabelecimientos comerciais. Para além disso, aprendemos o nome de muitos alimentos e tipos de roupa.





segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Para praticar o Infinitivo Pessoal



Vamos praticar o infinitivo pessoal. O mais fácil primeiro. Convirtam as frases seguintes com que mais o presente do conjuntivo usando o infinitivo pessoal.

Reparem: o que não pode ficar nas novas frases, desaparece; e reparem também na pessoa gramatical.

É melhor que compremos estes livros e não esses.
É importante que os senhores leiam tudo com muita atenção.
Antes de que saias de casa, telefona ao Miguel.
Até que não digas o que vais fazer, eu não digo nada.
O exercício número 4 é para que o façam agora.

Agora, um pouco mais difícil. Traduzam as seguintes frases em espanhol para português usando o infinitivo pessoal. Cuidado com o que e as pessoas gramaticais, o sujeito do infinitivo!

Com expressões impessoais como É melhor / É possível / É provável / É bom...

Es mejor que hagas eso hoy y no mañana.
Es posible que tus hermanos vengan a comer pasado mañana.
Es probable que nosotros tengamos que hacer todo.

Com preposições e locuções prepositivas: ao; para; por; até; antes de; depois de; apesar de; no caso de...

Nos quedamos aquí hasta que vosotras terminéis eso.
Al llegar a Lisboa, escríbeme una postal bonita.
Esta película es para que la veas mañana.
En el caso de que ustedes vendan la casa,  avísenme, por favor.

Lembrem-se das desinências deste tempo tão curioso da língua portuguesa, iguais em todos os verbos, quer sejam regulares, quer sejam irregulares, pois parte-se sempre do Infinitivo Impessoal, A primeira e terceira pessoas do singular ficam sem desinência nenhuma:

Eu falar /dizer, etc.
Tu falares /dizeres, etc.
Ele, ela, você... falar / dizer, etc.
Nós falarmos / dizermos, etc.
Vocês falarem / dizerem, etc.
Eles, elas falarem / dizerem, etc.


Fotografia do blogue Burro velho não aprende línguas, de uma mensagem onde se fala do Infinitivo Pessoal.



Esta é uma verdade tão grande!


Com esta verdade tão grande, que alguns dizem "grande como punhos", comprovam que o infinitivo pessoal é um tempo vivo na língua portuguesa e não uma coisa estranha dos livros.

E pensem um bocado no conteúdo da frase...


(Fonte: Causas perdidas)



sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Cristiano Ronaldo: "Eu estou aqui"



"A música é de Pedro Abrunhosa, e parece que foi escrita para o Melhor Jogador do Mundo..." escreveu quem publicou este vídeo em Youtube.

Eu não gosto de futebol, é por isso que não sou suspeito de apoiar Cristiano Ronaldo ou o Real Madrid. Isto aparece aqui por ele ser português e um grande jogador de futebol que todos vocês conhecem.

O cantor portuense Pedro Abrunhosa virá ao blogue proximamente.


A seguir, a notícia do jornal desportivo A Bola:

«Demonstrei que estou presente e voltei a ajudar a Portugal» - Cristiano Ronaldo

«Eu estou aqui». A já célebre frase com que Cristiano Ronaldo celebra os golos que marca foi escutada três vezes no Friends Arena, em Estocolmo. O capitão da equipa das Quinas rejeita o estatuto de herói nacional e diz ter cumprido com a obrigação de ajudar a Seleção Nacional a carimbar a quarta presença consecutiva em Campeonatos do Mundo.

«Fiz o meu trabalho como tenho feito nos últimos tempos. Não tenho de dar resposta a ninguém. Tento dar sempre o meu melhor. Batalhámos, sofremos. É assim que as equipas grandes vão longe. Deixámos crescer um pouco a Suécia depois do empate, recuámos e sofremos o segundo golo. Faz parte do futebol, nunca se sabe quem ganha. Por isso é que o futebol é brilhante. Fomos melhores nos dois jogos. Fomos os justos vencedores», sentenciou CR7, em declarações à RTP.

Os três golos em Estocolmo colocam o capitão da equipa das Quinas a par de Pauleta no topo da lista dos melhores marcadores da Seleção Nacional, com 47 tentos apontados.

«Os recordes são para ser batidos, mas não é a minha prioridade bater o recorde do Pauleta. Sabia que isso iria acontecer naturalmente. Estamos empatados mas estou focado em ajudar a Seleção. Demonstrei que estou presente e voltei a ajudar a Portugal», realçou Ronaldo.

«A equipa está de parabéns. Conseguimos o objetivo que pretendíamos. Agora é tempo desfrutar, descansar e regressar aos clubes de consciência tranquila e fazer uma grande época. Vamos formar uma grande Seleção e dar uma boa resposta no Mundial», atirou o capitão da seleção de todos nós.





quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Um caixa automático muito original


Parece que continuamos a falar de dinheiro, mas não é isso. As aparências iludem, percebem?

A fotografia vinha acompanhada deste comentário:

"Olhem que legal o caixa eletrônico que há no estande do Banrisul na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre! Em vez de extratos bancários, fornece contos e poemas... "

É claro que estamos no Brasil. Porque é que sabemos isso? Reparem nessa palavra:  legal. Lemos no Dicionário Priberam

4. [Brasil, Informal] Que denota qualidades positivas (ex.: óculos legais, filme legal, garota legal, sugestão legal). = BOM, BACANA - ).

Em Portugal diriam, por exemplo, fixe em vez de legal.Vamos ao Priberam mais uma vez:

1. [Portugal, Informal] Que agrada ou tem qualidades positivas (ex.: o livro é muito fixe). = BOM, PORREIRO

2. [Portugal, Informal] Que inspira simpatia (ex.: os teus colegas são fixes). = SIMPÁTICO
.


Alguem já viu uma nota destas?



Ninguém viu? Vamos lá ver... Onde é que está a piada desta nota?


[sãĩ] é a transcrição fonética de duas palavras em português: cem e sem. Duas palavras diferentes mas cuja pronúncia é exatamente igual, embora haja uma pequena diferença: a primeira é tónica e a segunda, átona.

Quem fez este desenho, não sabemos, está a brincar com isto.



terça-feira, 19 de novembro de 2013

Pronto, Iván, leva a taça!



O Iván, da turma de 3º D, e os colegas dele, aprenderam ontem qual a origem exata da expressão idiomática espanhola "Para ti la perra gorda", e a equivalente em português, leva a taça, porque o Professor acabou por responder dessa maneira quando ele disse que nem sequer com a aula toda teriam tempo para fazer uma simples prova de verbos, que o Professor tinha calculado em 20 minutos. O Ivan a teimar, a teimar, e afinal até ele acabou a prova um bocadinho antes dos vinte minutos!

Afinal foi bom porque aprenderam uma coisa nova, e aprender sempre é bom, mesmo bom.

Não se esqueçam desta expressão: levar a taça. Usa-se na mesma situação do que a espanhola.

A respeito da palavra taça, cuidado, é falso amigo: 1. Vaso para beber, com pouco fundo e boca larga; copo. 2. [Desporto] Troféu atribuído ao vencedor ou à equipa vitoriosa numa prova desportiva. (Dicionário Priberam)

"Para ti la perra gorda: Frase de significado similar a «para ti la razón» y que suele emplearse para, aunque no sea acertada su opinión, nuestro contrincante en una disputa o en una discusión se calle. Se llamaba 'perra gorda' a la antigua moneda de diez céntimos y 'perra chica' a la de cinco. El dicho tiene que ver, por lo tanto, con una apuesta hecha a propósito de dos opiniones encontradas." ou dito de outra maneira mais breve: "Se usa para poner fin a una discusión que resulta pesada dando la razón al contrario. "

"La perra gorda era el nombre coloquial con el que se denominaba a la moneda española de 10 céntimos de peseta. Este nombre fue dado en alusión al extraño león (al que se confundía con un perro) que aparecía en el reverso, asimismo, se le llamaba perra chica a la moneda de iguales motivos en anverso y reverso con la mitad de peso, tamaño y valor (5 céntimos)". (Wikipedia).




segunda-feira, 18 de novembro de 2013

"Falamos Português" em Canal Extremadura - 16 de novembro de 2013


Programa Falamos Português do dia 16 de novembro no Canal Extremadura. O professor Luís Leal continua em Elvas e com ele vamos conhecer um pouco da história de Portugal através da história da cidade alentejana.









De que trata 'Miopia e astisgmatismo' de Nuno Markl?



Num livro pode-se falar de muita coisa, não é? Eis uma prova. Nuno Markl, que é um humorista, escritor, locutor de rádio, apresentador de televisão, cartunista e argumentista português, publicou no mês passado um livro intitulado Miopia e Astigmatismo, e diz-nos de que trata nele.

«"O meu nome é Nuno Markl. Aqui dentro falo de bifes, lagostas, leitões, circos, touradas, a minha barriga de camionista, as minhas pernas de Popeye, os meus pulsos de bailarina, cães, gatos, filmes para adultos, acordo ortográfico, Scrabble, dinheiro, empresas, cronistas cor-de-rosa, censos, lojas chinesas, música pop, televisão, assaltos, os 40 anos, saladas, telemóveis, praia, almoços de trabalho, filmes, séries, patuscadas, beijos, vandalismo, Espanha, TV Shop, spam, futebol, feiras medievais, sinais, e há-de haver mais qualquer coisa que agora me escapa. É questão de ler. Mas em casa. Não é aqui na loja sem pagar. Pronto."»

(Prova Oral - RTP)



sábado, 16 de novembro de 2013

Primeiro nevão de Outono cai na Serra da Estrela

Penhas da Saúde, Serra da Estrela, neste sábado
(Foto: Enric Vives-Rubio)


Os alunos devem lembrar-se de que a nossa amiga Catarina já nos tem falado várias vezes da Serra da Estrela. A Catarina é da Guarda e estudou na Universidade da Beira Interior, que fica na Covilhã, porta da Serra da Estrela. Ela vai viajar na próxima semana para a sua terra e quando voltar poderá falar-nos da neve, que tão raramente cai no sul da nossa Extremadura.



Primeiro nevão de Outono cai na Serra da Estrela
Lusa e PÚBLICO

16/11/2013 - 10:11

Manto branco visível nas Penhas da Saúde. Chuva deverá continuar longe por mais uma semana.

A neve está a cair pela primeira vez neste Outono na Serra da Estrela e uma estrada foi encerrada, segundo fonte do Centro de Limpeza de Neve nos Piornos.

"A estrada entre a Lagoa Comprida e os Piornos foi encerrada cerca das 8h30, como medida de precaução e os limpa-neves já estão a trabalhar", disse.

Segundo a mesma fonte, a neve começou a cair "com alguma intensidade" cerca das 8h, a partir dos 1200 metros de altitude. "Na zona da torre já se vê um manto branco", referiu. As restantes estradas mantêm-se transitáveis.

Nos Piornos, a temperatura pelas 9h era de um grau negativo e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para este sábado "até ao início da tarde aguaceiros que serão de neve acima dos 1000 metros".

De acordo com as previsões do IPMA, a temperatura mínima mais baixa, zero graus, registar-se-ia nos distritos de Bragança e da Guarda, com este a ser o recordista da máxima mais baixa (9º), a par do distrito de Viseu.

O sábado ficará marcado por períodos de céu muito nublado, vento fraco a moderado, mas soprando mais forte nas terras altas, com rajadas da ordem dos 70km/h.

Para domingo, as temperaturas mínimas poderão registar uma ligeira descida, mas as máximas deverão subir. A chuva deverá continuar ausente até ao próximo fim-de-semana, prevêem os meteorologistas.


Notícia retirada do jornal Público




quarta-feira, 13 de novembro de 2013

"A alegria só pode brotar..."



A alegria só pode brotar de entre as pessoas que se sentem iguais.

Honoré de Balzac foi um escritor francês do século XIX

terça-feira, 12 de novembro de 2013

São Martinho (El Greco)


Ontem, 11 de novembro, foi S. Martinho. É por isso que trazemos esta pintura de El Greco. Assim é que ele viu o episódio da vida de Martin de Tours, que rasgou a sua capa em duas partes e deu uma a um mendigo.

Theotokópoulos (em grego: Δομήνικος Θεοτοκόπουλος), mais conhecido como El Greco, ("O Grego") (Fodele, Heraclião, 1541 — Toledo, 7 de abril de 1614) foi um pintor, escultor e arquiteto grego que desenvolveu a maior parte da sua carreira na Espanha. Assinava suas obras com o nome original, ressaltando sua origem. 



Uns versos de Arnaldo Antunes



Arnaldo Antunes é um cantor brasileiro. Alguém conhece? Não? E um grupo chamado Tribalistas, que cantava uma canção intitulada "Já sei namorar"...? Também não? Vamos comprovar quem é que conhece clicando no link.
 
Bem, Arnaldo Antunes, mais Marisa Monte e Carlinhos Brown formaram os Tribalistas. Mas para além de cantor e compositor, Antunes é poeta, e já publicou livros de versos.


ROTINA

A idéia é a rotina do papel.
O céu é a rotina do edifício.
O início é a rotina do final.
A escolha é a rotina do gosto.
A rotina do espelho é o oposto.
A rotina do perfume é a lembrança.
O pé é a rotina da dança.
A rotina da garganta é o rock.
A rotina da mão é o toque.
Julieta é a rotina do queijo.
A rotina da boca é o desejo.
O vento é a rotina do assobio.
A rotina da pele é o arrepio.
A rotina do caminho é a direção.
A rotina do destino é a certeza.
Toda rotina tem sua beleza.




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

"Falamos Português" em Canal Extremadura - 9 de novembro de 2013


Programa Falamos Português do passado dia 9 de novembro no Canal Extremadura. Revisamos o Pretérito Perfeito Simples e há um tempo novo que aparecerá noutra unidade, o Perfeito Composto. Para além disso,  vocabulário de restaurantes e bares.









Quem tem medo do lobo mau? (Emília Ferreira)

Lobo ibérico (Canis lupus signatus), Wikipédia
Fotografia: Moimenta Na Net


QUEM TEM MEDO DO LOBO MAU?

Era uma vez um animal que não comia pessoas. Que só atacava o gado quando as suas presas naturais lhe eram retiradas. Um animal que cresceu connosco, que acompanhou a nossa história. Um animal que tem uma organização social semelhante à nossa. Um animal real. Mas a imagem que desse animal prevalece não é a verdadeira; é a ficcionada. E à custa do preconceito, vamos acabando com essa história comum. Assim, despudoradamente. Ignaramente. Barbaramente.

"Abatido a tiro mais um lobo-ibérico seguido com colar GPS" é um título que salta à vista e magoa.

Era uma fêmea, que estava a ser monitorizada. Mas que não estivesse. Era um animal selvagem, de uma espécie protegida. Que foi cobardemente abatido a tiro e deixado à mercê de uma matilha que a abocanhou.

Quando é que perceberemos que os lobos têm de ser protegidos por todos nós? Quando é que perceberemos que a vida selvagem é uma parte importante da nossa sobrevivência como espécie, que está tudo ligado e que nós temos tanto direito a viver no planeta como estes animais? Continua em curso também um esforço enorme de recuperação do lince ibérico. Há notícias animadoras de crias nascidas em cativeiro. Há notícias esperançosas de reintrodução de alguns espécimes na natureza. Para quê? Para serem barbaramente assassinados por imbecis que gostam de fazer pontaria a tudo o que mexa, independentemente do alvo?

Centros de protecção do lobo ibérico, centros de protecção do lince ibérico. E de tantas outras espécies ameaçadas. Devia-se talvez pensar numa grande campanha nas escolas, para sensibilização da população jovem, a ver se percebem que a biodiversidade e a sustentabilidade dependem de nós e que nós dependemos também dela. Isto, se a beleza não bastar. Isto, se o medo continuar a ser maior do que o fascínio. Quem tem medo do lobo mau?

Eu, pela minha parte, só tenho mesmo pena que os lobos não decidam organizar-se em alcateias formidáveis para dar conta de alguns predadores bípedes, que para aí andam, a dar cabo da beleza do mundo. Ficava tudo muito mais tranquilo. E sustentável.

Emília Ferreira no seu blogue O meu hipericão


Lince ibérico (Lyns pardinus) - Wikipédia


A fórmula certa para recuperar solos pobres foi criada por portugueses

O montado é um ecossistema excelente para a plantação das pastagens biodiversas,
que tornam os sobreiros mais saudáveis  - TERRAPRIMA


A fórmula certa para recuperar solos pobres foi criada por portugueses

NICOLAU FERREIRA, EM COPENHAGA 09/11/2013 - 00:00

Vinte variedades de plantas dão nova vida a solos. As Pastagens Semeadas Biodiversas sugam mais dióxido de carbono do ar, enriquecem a terra e alimentam o gado. Projecto ganhou prémio europeu ambiental

Os agricultores precisam de ver para crer, diz-nos Tiago Domingos. O professor de engenharia ambiental do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e director da empresa de serviços ambientais Terraprima conseguiu que mil agricultores lhe dessem ouvidos. Hoje, em Portugal, há muitos terrenos onde as pastagens biodiversas crescem. A maioria está nos montados alentejanos, fortalecendo os sobreiros e prestando um serviço ambiental a todos.

Estas pastagens capturam uma quantidade anormal de dióxido de carbono, evitando a acumulação de parte do gás que mais contribui para o efeito de estufa, responsável pelo aquecimento global.


A notícia continua aqui, no jornal Público



sexta-feira, 8 de novembro de 2013

O ponto de vista faz tudo

Levando a lua para o interior da casa


Juntos é sempre mais fácil

O autor destas fotografias é Carlos Pataca, que foi arquiteto e professor. Ele nasceu em Portugal e viveu muitos anos no Brasil. 

Saber fotografar consiste quase sempre em escolher um ponto de vista, como faz aqui Carlos Pataca.


 


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A surfar uma onda de 30 m na Nazaré (28-janeiro-2013)


Garrett McNamara recusou surfar na Nazaré por razões de segurança

O surfista havaiano Garrett McNamara, que em janeiro deste ano surfou uma onda que se acredita ter chegado aos 30 metros, tentou hoje superar-se novamente na Praia do Norte, na Nazaré, mas recusou surfar por segurança.

Revista Visão, 28 de Outubro de 2013.


No vídeo podem ver como é que isso foi no dia 28 de janeiro deste ano.




A Nazaré é uma vila portuguesa, sede do concelho homónimo, da sub-região do Oeste, região Centro, com cerca de 10 300 habitantes.

Eis um mapa para verem onde fica esta vila (reparem nas palavras sublinhadas).


Wikipédia



"Eu e tu não rima mas faz sentido"



Algures em... Não fazemos ideia, mas esse feio muro fica mais bonito deste jeito, não fica?

Eu e tu não rima mas faz sentido!



terça-feira, 5 de novembro de 2013

"Falamos português" em Canal Extremadura - 2 de novembro de 2013


Programa Falamos Português do passado dia 2 de novembro no Canal Extremadura. Vamos fazer uma visita ao médico, descrever os nossos sintomas (reparem na pronúncia da palavra, não é esdrúxula!), aprender vocabulário médico e das distintas partes do corpo.









O poder de um boato



Você pensa A...
Fala B...
Outra pessoa entende C...
E sai contando D para todo mundo.
Esse é o maior problema na comunicação...


Boato - (latim boatus, us, mugido de boi, grito forte) s. m. 1. Notícia (ainda não confirmada) que é do domínio público.


Qual é a palavra espanhola para esta definição?




segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Às vezes julgo ver nos meus olhos (Sophia de Mello Breyner Andresen)




Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, 1919 — Lisboa, 2004) foi uma das mais importantes poetas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999.


Às vezes julgo ver nos meus olhos
A promessa de outros seres
Que eu podia ter sido,
Se a vida tivesse sido outra.
Mas dessa fabulosa descoberta
Só me vem o terror e a mágoa
De me sentir sem forma, vaga e incerta
Como a água.






A crise dos mil dias (Henrique Monteiro)



Já conhecem o vice-primeiro.ministro português, Paulo Portas, e também o Zé Povinho, representação do Povo Português criada no século XIX pelo artista Rafael Bordalo Pinheiro.


O autor do cartun é Henrique Monteiro.





O Zé Povinho a fazer um manguito para os maus governantes