Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

O que sabemos de Elvas?

Entrada da cidade de Elvas e antigo Convento de São João de Deus


Elvas, tão perto, tão longe? O que é que vocês sabem desta cidade que fica tão perto, pois, da nossa? Conhecem-na bem? Passearam por ela? Visitaram algum dos seus museus? Ou será que apenas foram almoçar com os pais, ou comprar lá qualquer coisa?

Mais uma coisa: alguém ouviu falar do Forte da Graça, que foi recentemente restaurado e pode ser visitado?  Vale bem a pena!

Vamos deitar mão à Wikipédia para que vocês saibam mais alguma coisa de Elvas. Porquê? Porque alunos do 4º ano da ESO vão realizar em outubro um intercâmbio de um dia com a Escola Secundária D. Sancho II. E dentro de vários meses, lá para a primavera, eles devolverão a visita, e receber-los-emos em Badajoz.


Elvas é uma cidade raiana portuguesa situada no Distrito de Portalegre, na região do Alentejo e na sub-região do Alto Alentejo, com 16 640 habitantes.

É sede de um município com 631,29 km² de área e 23 078 habitantes (2011), subdividido em 7 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Arronches, a nordeste por Campo Maior, a sudeste pelos municípios espanhóis de Olivença e Badajoz, a sul pelo Alandroal e por Vila Viçosa e a oeste por Borba e por Monforte.

Embora seja a cidade de Portalegre a capital de distrito, é Elvas a maior cidade do Distrito de Portalegre.

Às portas de Espanha, distando apenas 8 km (em linha recta) da cidade de Badajoz, Elvas foi a mais importante praça-forte da fronteira portuguesa, a cidade mais fortificada da Europa, tendo sido por isso cognominada "Rainha da Fronteira".

A 16 de Setembro de 2013, Elvas e Badajoz assinaram um protocolo de união e converteram-se na Eurocidade Elvas-Badajoz, com o objectivo de atrair mais investimento e desenvolvimento às duas urbes. Outro dos objetivos desta união passa pelo trabalho conjunto a nível cultural, económico e turístico. As duas cidades formam uma cidade com 210 487 habitantes (2014).

Elvas alberga o maior conjunto de fortificações abaluartadas do mundo: as muralhas de Elvas, as quais em conjunto com o centro histórico da cidade são Património Mundial da Humanidade, título atribuído pela UNESCO a 30 de junho de 2012.

Segundo um estudo realizado pelo jornal Expresso relativamente à qualidade de vida das cidades portuguesas, Elvas foi classificada como a 12.ª melhor cidade de Portugal e a 2.ª melhor do Alentejo, apenas atrás de Évora.



Aqueduto das Amoreiras