Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Palavras de Almada Negreiros para a nossa Escola



Hoje é o nosso dia, "el Día del Centro", o do IES "M. Domingo Cáceres". Hoje não há aulas e temos muitas atividades a que assistir e muitas coisas para partilhar.

E ainda por cima, estamos a festejar nesta semana os 25 anos de existência da nossa Escola. Eis uma citação do artista e escritor português José de Almada Negreiros para nos acompanhar.


"Há palavras que fazem bater mais depressa o coração…"

Almada Negreiros




(Autorretrato com boné, óleo sobre tela de Almada-Negreiros, c. 1927)


terça-feira, 21 de março de 2017

Florbela Espanca para o Dia Mundial da Poesia



Hoje, dia 21 de março, é o Dia Mundial da Poesia. Esta moça brasileira, Edla Lemos, recita para nós um poema da poetisa portuguesa Florbela Espanca, que, por acaso, nasceu perto da nossa cidade, em Vila-Viçosa.


AMAR!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente…
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

Florbela Espanca


Caricatura de Florbela Espanca





Chegou a primavera!



Alguém sabe o autor desta pintura do Renascimento italiano, A Primavera ou Alegoria da Primavera? Em baixo, um pormenor.







sexta-feira, 17 de março de 2017

O Sistema Educativo em Portugal

(2012)


O Sistema Educativo em Portugal é regulado pelo Estado através do Ministério da Educação e Ciência, antigos Ministério da Educação, e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O sistema de educação pública é o mais usado e mais bem implementado, existindo também escolas privadas em todos os níveis de educação.

Em Portugal a educação é iniciada obrigatoriamente para todos os alunos aos 6 anos de idade (podendo iniciar-se aos 5 anos caso o aluno faça 6 anos no ano de entrada). A escolaridade obrigatória termina quando o aluno fizer 18 anos (12º ano de escolaridade).

Cada ano letivo está dividido em 3 Períodos:

1.º Período - Início - por volta de 10 de Setembro; Fim - por volta de 14 de Dezembro

2.º Período - Início - por volta de 3 de Janeiro; Fim - duas semanas antes da Páscoa

3.º Período - Início - terça-feira a seguir à Páscoa; Fim - entre o início e o final de Junho

(..)

O ensino básico está dividido em 3 ciclos:

1.º ciclo (1.º ano ao 4.º ano);
No 1.º Ciclo, a avaliação é efetuada de Muito Insuficiente/Não Satisfaz a Excelente. No final do mesmo, são realizados exames nacionais de Língua Portuguesa e de Matemática de toda a matéria deste.

2.º ciclo (5.º e 6.º ano);

3.º ciclo (7.º ao 9.º ano).

O ciclo seguinte é designado por Ensino Secundário - abrange os 10.º, 11.º e 12.º anos e tem um sistema de organização próprio, diferente dos restantes ciclos. A mudança de ciclo pode, em vários casos, ser marcada pela mudança de escola, sendo, por exemplo, as escolas que abrangem o 1.º ciclo mais pequenas que as restantes, tendo em média cerca de 200 alunos, enquanto que as do 2.º e 3.º ciclos e as secundárias podem facilmente atingir os 2000 alunos.


(Wikipédia)


quinta-feira, 16 de março de 2017

Qual é a melhor idade da vida?






Como sabemos, a Mafalda de Quino é uma menina muito, muito madura, e com frequência pensa em coisas que para vocês são um bocado estranhas ou longínquas...





segunda-feira, 13 de março de 2017

Clicamos, atendemos e ficamos a saber



Vamos fazer isso: clicamos no link em baixo e vemos um excerto de uma reportagem feita nos Açores pela TVI.


Repórter TVI: "Livro Aberto"

"Nas escolas públicas dos Açores, os manuais escolares são gratuitos. As escolas emprestam os livros, mediante o pagamento de uma caução. Este foi um processo pacífico, sem guerras com editoras, livreiros ou confederações de pais, ao contrário do que tem acontecido no continente.

"Livro aberto" é uma grande reportagem da jornalista Alexandra Borges, com imagem de Ricardo Ferreira e edição de imagem de Miguel Freitas. Não perca o Repórter TVI, no Jornal das 8 de domingo."




Televisão em Portugal



"A Televisão em Portugal foi criada em Dezembro de 1955, construída em 1956 e nasce em Março de 1957, sendo um grande fenómeno nacional. Inicialmente, as pessoas dirigiam-se aos locais públicos para poderem admirar as emissões da "caixinha mágica", pois na altura poucas pessoas tinham televisão em casa.

Este fenómeno teve grande aceitação logo de início no nosso país e foi aos poucos, mudando o serão, o entretenimento e até a cultura dos portugueses.

Portugal conta atualmente com sete canais públicos a emitir em sinal aberto: RTP1, RTP2, RTP3, RTP Memória, ARTV, RTP Açores e RTP Madeira (somente nos respectivos arquipélagos) e dois privados: SIC e TVI.

Os canais públicos: RTP3 e RTP Memória começaram a emitir em sinal aberto de Televisão Digital Terrestre à meia-noite do dia 1 de Dezembro de 2016."

(Wikipédia)

 _____________________




Logótipo do Telejornal da RTP1. A emissão da edição da noite começa às 20:00 h. Comparem com o noso país, onde isso acontece mais uma hora depois, e a seguir temos um filme, um concurso, etc. e daí essa desordem dos nossos horários para ir descansar. Tarde demais.



Excerto do "Telejornal" emitido em 1 de Março de 2017 na RTP1. Inclui vinheta do canal, relógio, publicidade, indicativo e primeira notícia desenvolvida por João Adelino Faria. Este grafismo é utilizado desde 7 de Março de 2016.