Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

'Do ut des'

Esta mensagem vai dedicada para os alunos de 3º D.

Como sabem, espanhol e português provêm do latim. No outro dia aprenderam uma expressão latina, Do ut des, que significa 'Dou para que (me) dês'.

Esta expressão é de origem jurídica, mas acho que ficou bem claro o sentido em que é costume utilizá-la. Não se esqueçam dela.



segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O pior cego é o que não quer ver



O pior cego é o que não quer ver. Como é que se diz em espanhol este provérbio português? É facil, não é?

O significado é o seguinte:  Diz-se da pessoa que não quer ver o que está bem na sua frente. Nega-se a ver a verdade.

Histórico: Em 1647, em Nimes, na França, na universidade local, o doutor Vicent de Paul D’Argenrt fez o primeiro transplante de córnea em um aldeão de nome Angel. Foi um sucesso da medicina da época, menos para Angel, que assim que passou a enxergar ficou horrorizado com o mundo que via. Disse que o mundo que ele imaginava era muito melhor. Pediu ao cirurgião que arrancasse seus olhos. O caso foi acabar no tribunal de Paris e no Vaticano. Angel ganhou a causa e entrou para a história como o cego que não quis ver.

(Fonte: UOL mais)


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O Cais das Colunas - Lisboa

Fotografia de Paulo Vítor Martins feita com um telemóvel


Fotografia de Paulo Conde

Fotografia de João Paulo Ferreira


O Cais das Colunas fica na Praça do Comércio, em Lisboa. E esse rio é, claro, o rio Tejo. Distintas luzes para um mesmo lugar.



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A diferença entre o burro e o ignorante



Num conto do livro Pequenas criaturas, do escritor brasileiro Rubem Fonseca, podemos ler isto:

Dizem que existe uma diferença entre o sujeito burro e o ignorante, que o ignorante pode aprender e mudar, e o burro não consegue.



quarta-feira, 22 de setembro de 2010

14 anos e 2,06 metros



Elisany Silva tem catorze anos e «já» mede 2,06 metros!

A adolescente mais alta do mundo é brasileira e nasceu no seio de uma família humilde, no dia 27 de setembro de 1995, em Ajurutena no Pará.

A média brasileira para raparigas de catorze anos é de 1,51 metros, sendo que os 2,06 metros de Elisany inspiram preocupações já que Elisany continua a crescer e ultimamente tem-se queixado de dores de cabeça e nas pernas, que podem estar relacionadas com este crescimento fora do comum.

Mas isto não é para rir. O dia a dia desta menina,  que vai fazer quinze anos, é muito difícil, não só pelas dores. Agora já nem cabe no assento do autocarro da escola. A vida dela corre risco sério no futuro..



terça-feira, 21 de setembro de 2010

O calendário escolar deste ano em Portugal


Quem não ler bem cá em cima, pode ler cá em baixo. Este é o calendário escolar em Portugal para 2010-2011. Podem comparar. Gostam mais deste ou do nosso?

Ensinos básico e secundário

1.º Período
Início Entre 8 e 13 de Setembro de 2010
Termo 17 de Dezembro de 2010
2.º Período
Início 3 de Janeiro de 2011
Termo 8 de Abril de 2011
3.º Período
Início 26 de Abril de 2011
Termo 9 de Junho de 2011 para o 9.º, 11.º e 12.º anos e 22 de Junho de 2011 para os restantes anos de escolaridade

Interrupções lectivas para os ensinos básico e secundário

Interrupções Datas
1.ª De 20 a 31 de Dezembro de 2010, inclusive
2.ª De 7 a 9 de Março de 2011, inclusive
3.ª De 11 a 21 de Abril de 2011, inclusive


segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Maria João Pires



Maria João Pires (1944) é uma das figuras mais marcantes da cultura portuguesa.

Muito cedo aprendeu a tocar piano: aos cinco anos deu o seu primeiro recital e aos sete tocou publicamente concertos de Mozart. Com nove anos recebeu o prémio da Juventude Musical Portuguesa. Entre 1953 e 1960 estuda no Conservatório de Lisboa. Prossegue os estudos musicais na Alemanha, em Munique e em Hannover.

Maria João Pires torna-se reconhecida internacionalmente ao vencer o concurso internacional do bicentenário de Beethoven em 1970, que se realizou em Bruxelas.

Fez na sua carreira numerosas digressões onde interpretou obras de Bach, Beethoven, Schumann, Schubert, Mozart, Brahms, Chopin e muitos outros compositores dos períodos clássico e romântico. Maria João Pires é convidada com regularidade pelas grandes orquestras mundiais para tocar nas melhores salas de concerto, apresentando-se regularmente na Europa, Canadá, Japão, Israel e nos Estados Unidos.

Tem desenvolvido actividade tanto a nível individual (recitais, concertos, gravações) como em música de câmara: dos numerosos êxitos discográficos, destacam-se as gravações "Moonlight", com Sonatas de Beethoven; "Le Voyage Magnifique", integral dos Impromptus de Schubert; "Nocturnos" e outras obras de Chopin; as Sonatas para piano de Mozart e os Trios de Mozart com Augustin Dumay (violino) e Jian Wang (violoncelo).

É a fundadora e dirigente do Centro de Belgais para o Estudo das Artes, no concelho de Castelo Branco, de cariz pedagógico, cultural e social, trabalho pelo qual recebeu o Prémio Unesco para a Defesa dos Direitos Humanos. Foi distinguida com o Prémio Pessoa em 1989.

(Extraído da Wikipedia e adaptado)

Em 2009 a pianista,renunciou à nacionalidade portuguesa. Porquê? Decepcionada com o modo como tem sido tratada a nível governamental, sobretudo no seu projecto de ensino artístico de Belgais (Castelo Branco), Maria João Pires, que tinha dupla nacionalidade, decidiu ficar apenas com a brasileira.






sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O Porto e a ponte Luís I

Fotografia de Francisco Oliveira

O Porto é uma cidade portuguesa situada no noroeste da Península Ibérica, sede do município homónimo com 41,66 km² de área, tendo uma população de 216 080 habitantes (2008), o que faz dela a segunda maior cidade de Portugal e também a segunda maior cidade do noroeste da Península Ibérica depois da vizinha cidade galega de Vigo. .


A ponte Luís I (Fotografia de bridgefix / Thad)

A Ponte Luís I é uma ponte construída com estrutura metálica, entre os anos 1880 e 1887, ligando as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia (margem norte e sul respectivamente) separadas pelo rio Douro, em Portugal.

Devido à ausência do Rei Dom Luís I na inauguração, a população do Porto decidiu, em resposta a este acto desrespeitoso, retirar o "Dom" do respectivo nome. Logo a ponte chama-se "Luís I" e não "Dom Luís I", como erradamente a designam.

Capitu (Zélia Duncan)



A cantora brasileira Zélia Duncan canta ao vivo Capitu, composta por Luiz Tatit.

CAPITU

De um lado vem você com seu jeitinho
Hábil hábil, hábil.. e pronto!
Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante
WWW ponto poderosa ponto com

É esse o seu modo de ser ambiguo
Sábio, sábio
E todo encanto, canto, canto
Raposa e sereia da terra e do mar
Na tela e no ar
Você é virtualmente amada amante
Você real é ainda mais tocante
Não há quem não se encante

Um método de agir que é tão astuto
Com jeitinho alcança tudo, tudo, tudo
É só se entregar, é só te seguir, é capitular

Capitu
A ressaca dos mares
A sereia do sul
Captando os olhares
Nosso totem tabu
A mulher em milhares
Capitu

De um lado vem você com seu jeitinho
Hábil hábil, hábil.. e pronto!
Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante
WWW ponto poderosa ponto com

É esse o seu modo de ser ambiguo
Sábio, sábio
E todo encanto, canto, canto
Raposa e sereia da terra e do mar
Na tela e no ar
Você é virtualmente amada amante
Você real é ainda mais tocante
Não há quem não se encante

No site o seu poder provoca o ócio, o ócio
Um passo para o vício, o vício, o vício
É só navegar, é só te seguir, e então naufragar

Capitu
A ressaca dos mares
A sereia do sul
Captando os olhares
Nosso totem tabu
A mulher em milhares
Capitu

De um lado você vem com seu jeitinho
Hábil, hábil, hábil... e pronto!
Me conquista com seu dom

De outro esse seu site petulante
WWW ponto poderosa ponto com

É esse o seu modo de ser ambíguo
Sábio, sábio
E todo encanto, canto, canto
Raposa e sereia da terra e do mar
Na tela e no ar
Você é virtualmente amada amante
Você real é ainda mais tocante
Não há quem não se encante

No site o seu poder provoca o ócio, o ócio
Um passo para o vício, o vício, o vício
É só navegar, é só te seguir, e então naufragar

Capitu
A ressaca dos mares
A sereia do sul
Captando os olhares
Nosso totem tabu
A mulher em milhares

Capitu
Feminino com arte
A traição atraente
Um capitulo a parte
Quase vírus ardente
Imperando no site
Capitu

Capitu
A ressaca dos mares
A sereia do sul
Captando os olhares
Nosso totem tabu
A mulher em milhares
Capitu!


quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O nome deste blogue


A província de Badajoz tem muitos Km de fronteira com Portugal e a nossa cidade fica a apenas 4 km dessa fronteira, chamada também raia daquele lado ou raya deste outro. Podem ler o significado desta palavra por baixo do nosso cabeçalho. Esta é a origem do nome deste blogue destinado aos alunos de 3º e 4º da ESO desta Escola: Ao pé da raia.

O que se vê nesta fotografia é, num primeiro plano,  o catavento da escola de Ouguela (aldeia ao pé de Campo Maior) e lá ao fundo o castelo de Alburquerque. Portugal e Espanha, tudo tão perto... O título da fotografía é "Por terras da raia - Ouguela y Alburquerque" e logo que a vi gostei dela. O autor vive na Raia  como nós, e chama-se Emílio Moitas.


É bom aprender línguas






"Quantas mais línguas falamos, mais pátrias temos."

Eduardo Lourenço, ensaísta e filósofo português.



quarta-feira, 15 de setembro de 2010

terça-feira, 14 de setembro de 2010

João Garcia


João Garcia, que nasceu em Lisboa a 11 de Junho de 1967, é o montanhista (alpinista ou himalaísta) português com maior currículo. Das catorze montanhas com mais de 8000 metros de altitude existentes no planeta já ascendeu a onze delas. A que lhe trouxe mais fama foi a ascensão ao Evereste (8848 metros), tendo sido o primeiro português a alcançar o seu cume, em 18 de Maio de 1999, sem recurso a oxigénio e sem carregadores de altitude.

No dia 22 de Maio de 2006, João Garcia atingiu o cume do Kanchenjunga, que é a terceira montanha mais alta do mundo, com 8.586 m de altitude. Está situada na cordilheira do Himalaia, na fronteira entre o Nepal e a Índia.

Em Maio de 1999, João Garcia atinge o pico do Evereste, mas, para vocês comprovarem como deve ser difícil e a dureza do mundo da alta montanha, João atravessa problemas na descida (o seu colega de escalada belga morre na descida), é resgatado por um casal de alpinistas brasileiros, e após longa internação sobrevive, com amputações na ponta dos dedos e no nariz.

Para saber mais deste grande alpinista português, cá está o artigo completo da Wikipédia. E para quem quiser mergulhar na página de João, é só clicar.

PS. Ainda em 2009, João atinge o Nanga Parbat (8125m) e neste ano o Annapurna (8091m), como podem ver no link da Wikipédia. Entao, até agora são treze os cumes de mais de 8000 m de altitude a que ele ascendeu. Falta um.






segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Algumas expressões idiomáticas



Pelo facto de o espanhol e o português serem línguas tão próximas, há muitas expressões idiomáticas desta língua que não nos custa a reconhecer, porque na nossa são iguais ou muito semelhantes. Vejam alguns exemplos, todos eles, "por acaso", com a palavra língua:


não ter papas na língua (Exemplo: Ela não tem papas na língua e diz tudo o que lhe passa pela cabeça, doa a quem doer)

morder a língua (Exemplo: Ele mordeu a língua para não responder o que na verdade sentia)

ter uma palavra debaixo da língua (Exemplo: Como é que se diz "propina" em português? Tenho a palavra debaixo da língua!)

puxar pela língua a alguém
(Exemplo: A Joana puxou-me pela língua e contei-lhe o que não queria contar)


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Caso contigo Carmela (João Guimarães Rosa)

Caricatura de Mateus Barbosa


João Guimarães Rosa foi um grande ficcionista brasileiro que também escreveu os seus versos. Vocês acham que alguma mulher gostaria de casar com este sujeito? Dá nas vistas uma coisa curiosa no poema, não dá?


CANTADA

Caso contigo, Carmela,
caso cumpras condição.
Cobrarei casa, comida,
cama, cavalo, canção,
carinho, cobres, cachaça,
carnaval camaradão,
casino (com conta certa)
cerveja, coleira e cão,
chevrolé cinco cilindros,
canja e consideração,
calista, cabeleireiro,
cinema, calefação,
chá, café, confeitaria,
chocolate, chimarrão,
casemira - cinco cortes,
cada compra - comissão,
conforto, comodidades,
cachimbo, calma… caixão.
Convém-te, cara Carmela?
Cherubim!… Consolação!…

(Caso contrário, cabaças!,
casarei com Conceição.)


Caso contigo, Carmela,
correndo, com coração!…


—————————–

Chega. Caceteei? Consola-te:
Concluí.
Com cordial, comovido:

Colega, constante camarada,
a) J. Guimarães Rosa
(Cônsul, Capitão, Clínico conceituado.)




terça-feira, 7 de setembro de 2010

BD em azulejos

Fotografia de Ricardo Jorge Fidalgo


Banda desenhada numa fachada de azulejos no Hotel Vip Executive Art´s em Lisboa, no Parque das Nações.



segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Breve (Alexandre O'Neill)

Alexandre O'Neill


BREVE

Bom, diz ele,
Dia!, diz ela.

Vamos?, diz ele,
Não!, diz ela.

Que há?, diz ele,
Nada!, diz ela.

Então, diz ele,
Adeus!, diz ela.


Alexandre O'Neill


Alexandre O'Neil  foi um poeta português influenciado pelo surrealismo.


sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Capoeira em Angola



Nesta fotografia de Kostadin Luchansky, tirada em Angola, vemos uns meninos a praticarem capoeira. Se alguém não sabe o que é isso, pode ler esta definição do Dicionário da Academia das Ciências:  a capoeira é  uma “luta ou jogo atlético, semelhante a uma dança, que os negros bantos introduziram no Brasil no século XVII e que se pratica atualmente como desporto.”


quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Curitiba

Av. Luis Xavier, em Curitiba (Fotografia de Mathieu Struck)


Jardim Botânico (Fotografia de José Vladimir)


Museu Oscar Niemeyer (Fotografia de Rick Ligthelm)


Curitiba é um município brasileiro, capital do estado do Paraná, localizada a 945 metros de altitude no primeiro planalto paranaense, a aproximadamente 110 quilômetros do Oceano Atlântico. Em 2007, segundo a revista norte-americana Reader's Digest, era a cidade com melhor qualidade de vida do Brasil. É a sétima cidade mais populosa do Brasil e a maior do sul do país, com uma população de 1 851 215 habitantes.

Há duas versões sobre a origem do nome desta cidade brasileira: uma diz que viria da expressão tupi-guarani coré (pinhão) e tuba (muito); outra versão, também em guarani, combina kurit (pinheiro) e yba (grande quantidade)



quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Aveiro

Aveiro (Fotografia de Helder Silva)


Assim como Espanha não é só Madrid, ou Barcelona, ou Sevilha, Portugal também não é só Lisboa ou o Porto, ou Coimbra. Estas cidades também virão a este blogue, mas hoje começamos com uma cidade do centro de Portugal: Aveiro.

Aveiro é a capital do Distrito de Aveiro, na região Centro, e tem cerca de 55 291 habitantes. É um importante centro urbano, portuário, ferroviário, universitário e turístico.


Aveiro - Cais dos Botirões (Fotografia de Zé Pinho)


Moliceiro (Fotografia de Francisco Antunes)

Moliceiro é o nome dado aos barcos que circulam na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga. Esta embarcação era originalmente utilizada para a apanha do moliço ("Adubo de limos, sargaços, algas, etc."), mas actualmente é mais usada para fins turísticos.