Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Vários provérbios

Fotografia de Eikoh Hosoe


Quem vê caras, não vê corações é um provérbio português.

Quer dizer que não podemos fazer julgamentos precipitados sem conhecer uma pessoa. Por exemplo, julgá-la pelo seu comportamento, pelas suas roupas. É necessário, compreender essa pessoa, conhecê-la para poder dar um veredicto, e dizer como é ou não é. Por outras palavras, as aparências iludem, enganam...

E ligado com este assunto das aparências, mais outro provérbio:

Mais vale ser do que parecer.


Sem comentários: