Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tanta saudade



 "Ai, não estás aqui comigo e tenho tantas saudades tuas..." Toda a gente percebe isso, não é verdade?

Há várias mensagens sobre a saudade no blogue. Reparem nas etiquetas à direita, e cliquem naquela que diz isso, "saudade".

Por enquanto, leiamos um pouco do que a  Wikipédia nos diz sobre esta palavra:

Saudade é uma das palavras mais presentes na poesia de amor da língua portuguesa e também na música popular, "saudade", só conhecida em galego e português, descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor. A palavra vem do latim "solitas, solitatis" (solidão), na forma arcaica de "soedade, soidade e suidade" e sob influência de "saúde" e "saudar". 

Diz a lenda que foi cunhada na época dos Descobrimentos e no Brasil colónia esteve muito presente para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe de entes queridos. Define, pois, a melancolia causada pela lembrança; a mágoa que se sente pela ausência ou desaparecimento de pessoas, coisas, estados ou ações. Provém do latim "solitate", solidão. 

(Lamento, mas não me lembro do autor da fotografia)