Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

"Tudo o que dorme é criança de novo" (Fernando Pessoa)

 Desenho de Kidatocha

E agora, um bocado de prosa de Fernando Pessoa:

Tudo o que dorme é criança de novo. Talvez porque no sono não se possa fazer mal, e se não dá conta da vida, o maior criminoso, o mais fechado egoísta é sagrado, por uma magia natural, enquanto dorme. Entre matar quem dorme e matar uma criança não conheço diferença que se sinta.