Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Castelo Branco tem rio?

O rio Zêzere entre Santarém e Castelo Branco

A cidade de Castelo Branco não é atravessada por nenhum rio, como a nossa cidade e o Guadiana, mas há vários rios no distrito.

Com o distrito totalmente integrado na bacia hidrográfica do rio Tejo, os principais rios são, além do próprio Tejo, afluentes deste rio ou afluentes dos afluentes. O destaque vai, naturalmente, para o Zêzere e para os seus afluentes, em especial o rio Paul, o rio Meimoa e a ribeira da Sertã. Outros rios relevantes são o rio da Ocreza, o rio Ponsul e o rio Erges, que serve de fronteira com Espanha ao longo de mais de 40 km. Todos estes rios fluem mais ou menos na mesma direcção, de nordeste para sudoeste, com excepção do Erges, cujo curso é predominantemente de norte para sul.

O rio Zêzere é um rio inteiramente português. Nasce na Serra da Estrela, a cerca de 1900 m de altitude, junto ao Cântaro Magro, onde define um vale glaciar. Seguindo para sudoeste, conflui com o rio Tejo a oeste de Constância, após um curso de cerca de 200 quilómetros.

O rio Zêzere é o segundo maior rio exclusivamente português, após o rio Mondego.

Zêzere. Um estranho nome cuja origem mais plausível estará na designação de uma modesta árvore de pequenas flores brancas e frutos negros que abundava nas suas margens, o azereiro, também conhecido por zenzereiro (EB1 de Janeiro de Cima).


(Fonte: Wikipédia)