Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 15 de maio de 2012

1º dia da visita dos albicastrenses

Ángel Campos Pámpano

Por volta do meio-dia chegaram à nossa escola os alunos do intercambio da EBI João Roiz de Castelo Branco. Depois de uma visita ao Instituto guiada pelo Professor Isidro Palacios, o nosso Diretor, os alunos portugueses e as duas professoras, a Dra. Helena Almeida e a Dra. Susana Moleiro foram convidados a um lanche na nossa Biblioteca, que leva o nome de Ángel Campos Pámpano.




A seguir, Maria Centeno, aluna de português da turma de 1º A, interpretou uma peça anónima do século XVIII, uma mazurka intitulada "Mi favorita".



Depois vimos dois breves vídeos: um que fazia um resumo de quem é que somos nós, os espanhóis, com paisagens e monumentos de todo o país, e alguns nomes de desportistas conhecidos internacionalmente. O protagonista do outro vídeo foi Ángel Campos Pámpano, professor, poeta e tradutor de português, que esteve vários anos na nossa Escola e faleceu prematuramente há quatro anos. Ouvimo-lo declamar uns versos na Aula Díez-Canedo e a seguir, enquanto no ecrã se viam sobre um fundo musical fotografias dele com outros poetas, imagens dos seus livros... , a Dra. Alejandrina Merino, colega de Ángel Campos nesta Escola, falou sobre a vida dele e mostrou aos alunos e professoras portugueses a estante onde se encontram vários libros de Ángel Campos, originais e traduções, assim como assim como os exemplares da revista por ele fundada, Espacio / Espaço Escrito, revista literária em duas línguas.

Para terminar, o professor de português leu três poemas: um de Eugénio de Andrade, outro de Nuno Júdice e mais um do heterónimo pessoano Ricardo Reis. A aluna de 1º de Bachillerato, Laura Andrino, leu as versões que escreveu Campos na nossa língua. Estes poemas serão publicados noutra mensagem do blog, mas apenas em português.