Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Um pouco de japonês






Fazendo um exercício com os alunos do 4º ano. Deviam dizer qual o local do mundo que escolhiam para fazer uma viagem, os motivos, o que visitavam, etc. Tudo isso usando o pretérito imperfeito com o valor de condicional.

A maioria deles escolheu destinos pouco exóticos: Londres, Paris, Roma. Uma aluna escolheu a Argentina: Bariloche, as cataratas do Iguaçu... Mas uma outra aluna, a Maria, escolheu um destino bem exótico, um país muito longínquo desta Península Ibérica:  o Japão. Ela gostava de visitar Tóquio, de se mascarar como um personagem do anime, etc. E até sabe alguma palavras de japonês. Esta mensagem vai dedicada para ela, mas o Professor, que gosta também da cultura japonesa, espera que os colegas da Maria aprendam um bocado com esta mensagem e o que virá depois.


Agradecemos ao blog Fala Bonito o conteúdo deste post tão curioso. Alguém quer saber como é que se escreve o seu nome em japonês? Esta língua é falada quase que exclusivamente no Japão. Estima-se que o número de falantes seja em torno de 127 milhões de pessoas. O japonês é uma língua muito complexa que usa cinco sistemas de escrita diferentes: rōmaji, hiragana, katakana, kanji e os algarismos indo-arábicos, quer dizer, os números.

Se clicam aqui, vão para uma página onde podem escrever o seu nome (uma palavra só e sem acentos!) na caixinha, e depois, pronto, lá está o vosso nome em caracteres japoneses. O que veem lá em cima são os nomes Maria, o primeiro, e Juan, o segundo.


Mais uma coisa em japonês:




1 – Ohayou Gozaimasu (おはよう ございます) = Bom dia
2 – Konnichiwa (こんにちは) = Boa tarde
3 – Konbanwa (こんばんは) = Boa noite

 De Aprendendo Japonês