Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Promontório de Sagres distinguido com a Marca do Património Europeu

Fotografia de Daniel Rocha


Promontório de Sagres distinguido com a Marca do Património Europeu

Foi divulgado, no dia 2 de dezembro de 2015, pela Comissão Europeia o relatório do painel de peritos recomendando o Promontório de Sagres para receber a distinção da Marca do Património Europeu.


Entre 18 candidaturas pré-selecionadas pelos Estados – Membros, um painel de peritos independente selecionou os 9 sítios hoje propostos, que serão formalmente designados em Fevereiro de 2016, decorrendo a cerimónia de atribuição em Abril, em Bruxelas. Em 2014 foi atribuída a Marca do Património Europeu à Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra e à Carta de Lei de Abolição da Pena de Morte em Portugal – 1867 (Arquivo Nacional da Torre do Tombo).


(Direção-Geral do Património Cultural)




A notícia no jornal Público começa assim:

Sagres é agora Património Europeu e vai dar a ouvir os sons do mar em terra
Idálio Revez

13/12/2015 - 09:39

O ponto “D” (de descoberta) em Sagres chama-se agora “Voz do Mar”. O som, capaz de pôr os deuses a sonhar, vem do interior uma gruta com mais de 50 metros de profundidade. À superfície, uma obra do arquitecto Pancho Guedes, em forma de orelha, é o novo marco na paisagem.

_________________________________________________


Para outro dia vemos mais imagens deste belo promontório e aprendemos alguma coisa sobre ele.