Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 15 de março de 2016

"– Para levar estes livros é preciso pagar?"



Há vários diálogos da nossa amiga A Livreira Anarquista no blogue. Ela não está a brincar. Conta o que se passa por vezes na livraria onde ela trabalha.


Centro COMERCIAL (só isto define tudo).

Pessoas pelos corredores a passear com carrinhos apinhados de compras.

Lojas e mais lojas.

Montra com livros e respectivos preços afixados em balões evidentes.

Preços marcados em todos os livros no interior da livraria.

Máquinas de pagamento multibanco sobre o balcão.

Fregueses ao balcão, com livros, a efectuar pagamentos sob variadas formas; desde dinheiro vivo a cartões de crédito.

E sai-me do Éden esta singela alma (de uns 30 e tal anos - sim é um dado importante para avaliar o nível de desordem da dita criatura) com a seguinte pergunta:

– Para levar estes livros é preciso pagar?

Departamento de marketing; revejam as vossas estratégias, por favor.

Porque anda qualquer coisa a falhar.