Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 13 de março de 2018

Uma onça-preta a nadar e umas onças-pintadas



"Em recente viagem de campo, o WWF registrou a aparição de um dos mais raros predadores da Amazônia, a onça-preta. Enquanto cruzavam o rio Tapajós, nas proximidades do Parque Nacional do Juruena, localizado ao norte do Mato Grosso e sudeste do Amazonas, técnicos da organização avistaram a espécie, que também atravessava o rio ao lado do barco.

As onças são os maiores felinos do continente americano. São fortes nadadoras e escaladoras e podem chegar a pesar até 130 kg e medir 2,4 metros. A cor de sua pele pode variar do amarelo com pintas, para o preto, que é a coloração mais rara. No Brasil, o animal está ameaçado de extinção. O que se sabe é que a espécie precisa de grandes áreas de florestas tropicais e extensões de margens de rios para sobreviver."

(março de 2015)



 E uma onças pintadas. Belíssimos animais todos!