Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

O que é um povo?



Quando vamos passar uns dias das férias à pequena localidade onde nasceram os nossos pais, ou um deles, não podemos dizer em português: "Estive uns dias no povo dos meus pais", mas "Estive uns dias na aldeia (ou na terra) dos meus pais"

Vejam a principal acepção da palavra povo: "Conjunto dos habitantes de uma nação ou de uma localidade"

Deste modo, podemos falar do povo português (quer dizer, os portugueses), do povo lisboeta, do povo brasileiro, do povo espanhol, do povo de Badajoz,  etc.

Na Wikilusa lemos: "Do ponto de vista do Direito Constitucional moderno (a partir do século XVIII), o povo é o conjunto dos cidadãos de um país, ou seja, as pessoas que estão vinculadas a um determinado regime jurídico, a um estado. Um povo está normalmente associado a uma nação e pode ser constituído por diferentes etnias."

Ah, e reparem na segunda imagem em baixo! O que acham? Lembram-se desta mensagem, ou deste poste: "Enquanto te exploram, tu grita gol!"?








"O Piódão é uma aldeia tradicional portuguesa na Beira Litoral. Situado em plena Paisagem Protegida da Serra de Açor, com paisagens magníficas, o Piódão é uma das mais pitorescas aldeias de Portugal, conhecida pelas suas casas de xisto encavalitadas umas nas outras e uma série de sinuosas ruas e travessas, dando-lhe um charme que faz desta aldeia o local único e atractivo que é. Apesar de poder dar a volta à aldeia de carro, só pode atravessá-la de pé, pois muitas das ruas são extremamente estreitas e tem escadas. As bicicletas estão também fora de questão - por causa das escadas."