Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Nini dos meus quinze anos (Paulo de Carvalho)


Uma velha canção portuguesa de Paulo Carvalho. Tem a sua piada, não tem? A letra foi escrita pelo poeta Fernando Assis Pacheco. E dá para os alunos do 4º ano fazerem uma revisãozinha do Pretérito Imperfeito, e para os alunos do 3º ano terem uma ideia dele. Vejam só! 😊 Há tantos...

E despedimo-nos até ao regreso das férias da Páscoa! Boas férias, e leiam, faz bem à saúde!


CHAMAVA-SE NINI

Chamava-se Nini
Vestia de organdi
E dançava (dançava)
Dançava só pra mim
Uma dança sem fim
E eu olhava (olhava)

E desde então se lembro o seu olhar
É só pra recordar
Que lá no baile não havia outro igual
E eu ia para o bar
Beber e suspirar
Pensar que tanto amor ainda acabava mal

Batia o coração mais forte que a canção
E eu dançava (dançava)
Sentia uma aflição
Dizer que sim, que não
E eu dançava (dançava)

E desde então se lembro o seu olhar
É só pra recordar
Os quinze anos e o meu primeiro amor
Foi tempo de crescer
Foi tempo de aprender
Toda a ternura que tem o primeiro amor
Foi tempo de crescer
Foi tempo de aprender
Que a vida passa
Mas um homem se recorda sempre assim
Nini dançava só pra mim

E desde então se lembro o seu olhar
É só pra recordar
Os quinze anos e o meu primeiro amor
Foi tempo de crescer
Foi tempo de aprender
Toda a ternura que tem o primeiro amor
Foi tempo de crescer
Foi tempo de aprender
Que a vida passa
Mas um homem se recorda, é sempre assim
Nini dançava só pra mim