Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 5 de abril de 2011

"Há sem dúvida quem ame o infinito" (Fernando Pessoa - Álvaro de Campos)


Uns versos de um dos heterónimos do poeta português Fernando Pessoa (1888-1935), Álvaro de Campos.

Muito diferentes estes versos dos de Ricardo Reis, já publicados aqui há poucos dias. Falta trazer o Mestre de todos eles, Alberto Caeiro.