Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Do Carnaval de Loulé, no Algarve



Joaninha Carnaval. Esta fotografia foi tirada por flight 69 (Luís Lópes Silva) no Carnaval de Loulé, uma cidade portuguesa no distrito de Faro, que fica no Algarve, e tem cerca de 26.791 habitantes.(Wikipédia)

Já agora, alguém sabe o que é uma joaninha? É fácil: un inseto pequenino, vermelho e com pontinhos pretos. Já sabem, de certeza.


Podem encontar mais fotografias do autor, não só do Carnaval, aqui.




quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Partido alto (MPB4 e ainda Caetano)

Uma cuica

Na sala de aula, vamos dar o sinal de saída para o Carnaval de Badajoz com este samba, Partido alto, composto por Chico Buarque. Quem gostar de música, pode apreciar a diferença entre o ritmo rápido da versão dos MPB4 e o muito mais lento da de Caetano Veloso.


PARTIDO ALTO

Diz que deu, diz que dá
diz que Deus dará
não vou duvidar, ó nega
e se Deus não dá
como é que vai ficar, ó nega
diz que Deus diz que dá
e se Deus negar, ó nega
eu vou me indignar e chega
Deus dará, Deus dará

Deus é um cara gozador, adora brincadeira
pois pra me jogar no mundo, tinha o mundo inteiro
mas achou muito engraçado me botar cabreiro
na barriga da miséria nasci batuqueiro
eu sou do Rio de Janeiro

Jesus Cristo inda me paga, um dia inda me explica
como é que pôs no mundo esta pobre coisica
vou correr o mundo afora, dar um canjica
que é pra ver se alguém se embala ao ronco da cuíca
e aquele abraço pra quem fica

Deus me fez um cara fraco, desdentado e feio
pele e osso simplesmente, quase sem recheio
mas se alguém me desafia e bota a mãe no meio
dou pernada a três por quatro e nem me despenteio
que eu já tô de saco cheio

Deus me deu mão de veludo pra fazer carícia
Deus me deu muitas saudades e muita preguiça
Deus me deu pernas compridas e muita malícia
pra correr atrás de bola e fugir da polícia
um dia ainda sou notícia








Fotografias de Rodrigo Lobo





quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Nova tabela de preços do SNS em Portugal



Isto dispensa qualquer comentário, meus caros alunos. Mete dó, e sente-se vergonha, indignação... Terrível. E acrescentamos: é possível isto ser verdade?



NOVA TABELA DE PREÇOS DO SNS

Consultas: 31€

Serviço de urgência: mínimo de 51€.

Internamentos: mínimo de 73,70€ por dia

Isto são os valores mínimos porque depois acrescem os preços dos tratamentos.

Fonte: Ministério da Saúde



Preposição 'para' + Infinitivo pessoal





terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Uma ideia para o Carnaval



O que acham desta fotografia de Man Ray? É uma ideia muito simples para levar à prática se alguém não sabe ainda como é que irá vestido no próximo Carnaval, não acham?




segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Página do Foral de Évora de 1501 com uma vista da cidade.



Não se esqueçam. A nossa visita cultural à cidade de Évora foi adiada para o dia 26 de março. Até essa altura serão publicadas aqui diversas mensagens sobre ela.

Esta gravura remonta ao século XVI e pertence ao Foral de Évora. Reparem nas muralhas. Uma boa parte de elas conserva-se ainda hoje.






Onda de Hugo Vau na lista das maiores do mundo

A Nazaré tem sido um dos locais mais visitados para quem
quer surfar ondas gigantes (Fotografia de Rafael Marchante/Reuters)


Onda de Hugo Vau na lista das maiores do mundo

PATRÍCIA ROGADO 21/02/2014 - 15:56

O surfista português concorre para o Billabong XXL Biggest Wave award e pode ganhar 7 mil euros.


O português Hugo Vau integra a lista dos candidatos ao Billabong XXL awards (Óscares do surf mundial). O surfista concorre na categoria Biggest Wave (maior onda), com uma vaga surfada este ano na Nazaré e, caso seja o surfista consagrado vencedor, recebe um prémio que ronda os 7 mil euros.

No entanto, a edição de 2014 do Billabong XXL awards não conta só com o nome do português Hugo Vau. António Silva – que em 2013 foi nomeado também para a categoria Biggest Wave – concorre este ano, com uma onda surfada na Galiza, Espanha, só que numa categoria diferente, a Wipeout.

A gala da cerimónia, em que serão apresentados os vencedores das várias categorias dos Óscares do surf mundial (Ride Of The Year, Pacífico Paddle, XXL Biggest Wave, Pacífico Tube e XXL Wipeout), vai ser realizada no dia 2 de Maio de 2014, no Teatro Gove, em Anaheim, na Califórnia.


Notícia lida no jornal Público




sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

"Falamos Português" em Canal Extremadura - 15 de fevereiro de 2014


Programa Falamos Português do dia 15 de fevereiro no Canal Extremadura.

Esta semana aprendemos os espaços urbanos, dar indicações para orientar alguém na cidade e o uso do  imperativo em português. Também há uma revisão dos demonstrativos, e a sua relação com as pessoas e a sua localização no espaço. 







Um poema de Cesariny "com futuro/s"

Mário Cesariny


Mário Cesariny de Vasconcelos (1923 - 2006) foi poeta e pintor, e é considerado o principal representante do surrealismo português.

O futuro feito do que fomos e fizemos no passado...


Lembra-te
que todos os momentos
que nos coroaram
todas as estradas
radiosas que abrimos
irão achando sem fim
seu ansioso lugar
seu botão de florir
o horizonte
e que dessa procura
extenuante e precisa
não teremos sinal
senão o de saber
que irá por onde fomos
um para o outro
vividos




quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Onde fica Cedillo?



Os pais da Maria Sampedro, da turma de 4º A,  são de Cedillo, na província de Cáceres.  Já falámos disso alguma vez na sala de aula. Não se lembram? Onde o rio Tajo passa a ser chamado Tejo, porque Cedillo fica mesmo na fronteira com Portugal, e para quem não saiba, tem uma linda barragem. Vale a pena conhecer estas terras de Espanha e de Portugal, porque são muito bonitas. Estamos também, como em Badajoz, ao pé da Raia.


Foto de Jabi2





Es el último de los pantanos españoles sobre el Tajo, de hecho, el propio muro de la presa es la frontera con Portugal, y las dos orillas son portuguesas. La explotación de la presa es española (por eso hay una pasarela en el centro para poder acceder desde "España), pero la producción hidroeléctrica es compartida entre los dos países. 

Fue construido en el año 1975 y también recoge aguas del río Sever. Mide 66 metros, tiene una capacidad de 260 hectómetros cúbicos y una extensión de 1400 hectáreas.

Este pantano es muy interesante, esta construido aprovechando hasta el último centímetro de cauce aprovechable en territorio español. La presa pertenece a España y la explota Iberdrola, pero el propio muro es la frontera con Portugal, y las dos orillas que se ven en la foto (excepto la esquinita donde se sacó la foto y de donde sale el puente de acceso) son ya de Portugal.

(Dados de várias fontes)







terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Um brasileiro domina 11 idiomas

 

Esta noticia é do ano 2012, mas tanto faz, não acham?


Brasileiro que domina 11 idiomas dá dicas para aprender outras línguas

Rafael Lanzetti fala sueco, hebraico, alemão, grego e romeno, entre outros. 'Não existe segredo, é treino, repetição, disciplina e dedicação', ensina.

Um professor brasileiro radicado na Alemanha tem a mesma habilidade do estudante britânico Alex Rawlings, de 20 anos, que virou notícia no G1: o domínio de 11 idiomas. Rafael Lanzetti, de 32 anos, impressiona ao falar 11 línguas: além do português, ele fala inglês, alemão, holandês, francês, italiano, espanhol, sueco, grego, hebraico e romeno.

“O interesse por línguas vem de minha curiosidade em conhecer outras culturas, mas principalmente da oportunidade que tive, na faculdade, de aprender gratuitamente. Tenho a sorte de estar num ambiente multicultural e posso praticar todas as línguas que estudo”, explica Lanzetti, que trabalha na Alemanha como professor e tradutor e garante aproveitar a proximidade com tantos países para pôr em prática tudo o que aprende.

Além do português, claro, língua nativa, Lanzetti explica que começou a estudar inglês por influência da família, aos oito anos, “uma sábia decisão que todos os pais que possuem condições econômicas devem tomar”. Mas foi só aos 18 anos que o horizonte realmente se abriu.

Na Faculdade de Letras ele começou a estudar alemão, espanhol e italiano, línguas as quais define como “importantes do ponto de vista socioeconômico”. Logo depois veio o holandês, pela proximidade com o alemão. O romeno veio a reboque das línguas latinas, que foram complementadas com o francês, “embora não gostasse da língua tanto quanto as outras, mas reconhecia sua importância cultural”.

Ainda na faculdade Lanzetti aprendeu grego e, com um amigo israelense, mergulhou no hebraico. Por fim, para completar o grupo das línguas germânicas, Lanzetti enveredou pelo sueco. E, para ele, não tem tempo ruim. “Não há línguas mais difíceis que outras, como costumamos pensar, todas se equivalem em dificuldade”, explica.


As dicas encontram-nas neste link da Globo, de onde retirámos a notícia. Há também um vídeo onde podem comprovar como é que ele pronuncia as diferentes línguas.




segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A vida é muito curta. Curta (Orlando Pedroso)



Prémio para quem explicar o trocadilho ("juego de palabras"). Alunos do 4º ano, não se esqueçam de se identificarem.

Vamos a isso!


Se este homem estivesse em Portugal y falasse com um amigo diria: "Curte". Aí perde-se o trocadilho... Mas se ele empregasse o tratamento formal com alguém não conhecido, não há problema nenhum. Percebem?





Céu carregadinho (Henricartoon)



Henrique Monteiro, Henricartoon, já é conhecido deste blogue. 

Isto é humor? É. Negro, mas humor. Coitados dos portugueses, coitados de nós, em que mãos estamos!


(Publicado no passado dia 13 de fevereiro)


Aprendemos, de passagem o que é uma tranche, sinónimo de fatia. A "tranche" de que fala a mulher do Zé Povinho tem a ver com a troika (v. nota em baixo) e o resgate financeiro de Portugal de que alguma vez vos falei. Há ironia nessa palavra, é claro.


tranche
(francês tranche)
1. Pedaço cortado. = FATIA

fatia
(árabe fitata, migalha)
1. Pedaço delgado cortado a todo o comprimento ou a toda a largura de um alimento (ex.: fatia de carne, fatia de melancia, fatia de pão).Ver imagem = TALHADA 2. Porção de alguma coisa (ex.: fatia dos lucros). = QUINHÃO


Troika é uma palavra russa, que designa um comitê de três membros:

O termo troika foi usado como referência às equipas constituídas por responsáveis da Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional que negociaram as condições de resgate financeiro na Grécia, no Chipre, na Irlanda e em Portugal (Wikipédia)



sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

"Falamos Português" em Canal Extremadura - 8 de fevereiro de 2014


Programa Falamos Português do dia 9 de fevereiro no Canal Extremadura.

Aventuras em Ferreira do Zêzere. Desportos, aventura, contato com a Natureza.

Uso do infinitivo pessoal ou flexionado. Revisão dos advérbios, locuções de lugar e pronomes indefinidos..







Metamorfose ambulante (Raúl Seixas)



Raul Seixas (1945 - 1989) foi um cantor e compositor brasileiro, frequentemente considerado um dos pioneiros do rock brasileiro. Também foi produtor musical da CBS durante sua estada no Rio de Janeiro, e por vezes é chamado de "Pai do Rock Brasileiro" e "Maluco Beleza". Sua obra musical é composta por 17 discos lançados em seus 26 anos de carreira e seu estilo musical é tradicionalmente classificado como rock e baião.

Esta canção aparece na banda sonora do filme brasileiro Cidade de Deus.

 

METAMORFOSE AMBULANTE

Prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Eu quero dizer
Agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator

É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator

Eu vou desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo










quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Muito me tarda o meu amigo na Guarda (Amancio Prada)



Estes versos medievais cantados por um cantor espanhol estão dedicados à nossa amiga Catarina, que, como vocês sabem, é da Guarda.


Cantiga original: Ai eu coitada, como vivo em gram cuidado

Ai eu coitada, como vivo em gram cuidado
por meu amigo que hei alongado;
muito me tarda
o meu amigo na Guarda.

Ai eu coitada, como vivo em gram desejo
por meu amigo que tarda e nom vejo;
muito me tarda
o meu amigo na Guarda.






A Sé da Guarda num frio dia de inverno (1.056 m de altitude máxima)



quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A escola do ano 2000 imaginada em 1889


Como é que vocês imaginam a escola do ano 3000? Como é que será a vida na Terra nesse ano? Sabe-se lá!

Podiam praticar com o futuro imperfeito que aprenderam há pouco:

Uma garrafa de água custará 200 euros (por exemplo, ou 500, sei lá; se existir esta moeda ainda)

Ninguém dirá no ano 3000 como é que será a vida no ano 4000.

Não existirá o petróleo.

Haverá...

As pessoas farão...


Vamos lá, meus alunos, um bocado de imaginação. Há prémios...



(Fonte da imagem: Casa na aldeia)




Uma declaração de amor do século XIX

*


Esta declaração de amor pode ser lida no romance O Primo Basílio (1878), do escritor português Eça de Queirós (1845-1900)

Que outros desejem a fortuna, a glória, as honras, eu desejo-te a ti! Só a ti, minha pomba, porque tu és o único laço que me prende à vida, e se amanhã perdesse o teu amor, juro-te que punha um termo, com uma boa bala, a esta existência inútil. E Luísa tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido; sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante.






sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

"Falamos Português" em Canal Extremadura - 2 de fevereiro de 2014


Programa Falamos Português do dia 2 de fevereiro no Canal Extremadura.

Rotinas do dia-a-dia. Revisão do presente e do futuro próximo. Uso das preposições a e em, e dos pronomes reflexos (me, te, se nos, se).






Bela Praça do Comércio



Bonita esta vista da Praça do Comércio em Lisboa, não é? E um bom tamanho para apreciar melhor. A autora, Tânia Barreira, terá tirado a fotografia de qualquer cacilheiro, que une a capital portuguesa com a margem sul.

Ela tem um blogue com muitas fotografias de Portugal: Um olhar viajante. Podem fazer uma visita.


(Cliquem aqui para verem a Praça do Comércio e uma boa parte da cidade numa vista aérea)




quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O mar nas Azenhas do Mar








Fotografias muito recentes de Víctor Melo tiradas na povoação de Azenhas do Mar.

As Azenhas do Mar é uma aldeia no litoral do concelho de Sintra, freguesia de Colares. Desenvolvendo-se ao longo de uma ribeira/linha de água que corre para o Atlântico e quebra as arribas da costa, e na qual existiam azenhas (daí o nome), tem na base uma praia na qual existe uma piscina oceânica.




Fotografia de Bluejeans


Será que hoje vai chover?



E amanhã? O que é que vocês acham? Cá em cima temos um bom aguaceiro!




(Gif de Mr. Esgar)



quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Estou aqui (Pedro Abrunhosa)


Lembram-se do vídeo do Cristiano Ronaldo a dizer "Eu estou aqui!"? Como fundo das imagens podia-se escutar esta canção de Pedro Abrunhosa, cantor portuense, um dos nomes mais respeitados do panorama musical português.

Abrunhosa na Wikipédia

Site oficial de Pedro Abrunhosa


ESTOU AQUI

Escrevemos um nome no ceu
Com mil passos de dança por dar
E mostraste-me um mundo so teu
Com promessas de ir e voltar
E eu estou aqui
Eu estou aqui
E eu estou aqui
E eu estou aqui

Trouxeste tanto que não querias contar
Sobre cidades que há no fundo do mar
E eu estou aqui
Eu estou aqui

Estamos tão perto de estar tão longe
Como dois loucos na madrugada
Se me dás tudo ficas com nada
E abrem-se janelas em nós

Acendi as palavras na pele
Em tatuagens brilhantes de azul
E pousaste-me um beijo fiel
Em telhados de vento e de sul

E eu estou aqui
Eu estou aqui
E eu estou aqui
Eu estou aqui

Trouxeste tanto que me querias contar
Sobre as cidades que há no fundo do mar
E eu estou aqui
Eu estou aqui

Estamos tão perto de estar tão longe
Como dois loucos na madrugada
Se me dás tudo, ficas com nada
E abrem-se janelas em nós












terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Quem é que joga xadrez?



Esta obra de Marcel Duchamp (1867-1968) um pintor, escultor e poeta francês, cidadão dos Estados Unidos a partir de 1955, e inventor dos ready made, que adorava xadrez, vai dedicada para aqueles alunos que jogam xadrez. Há de haver mais de um, acho eu, entre os alunos do 3º e do 4º anos.

Há dias que vi publicidade de um torneio de xadrez na nossa escola, organizado pelo professor de Língua Castelhana, Tchema.


Mais: "Os nomes das peças de xadrez" e um desenho do nosso amigo Ed Arruda.



segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Chocolate para nos consolarmos



Pois é, uma mousse de chocolate para nos consolarmos, nem que seja um bocadinho... A nossa viagem a Évora de depois de amanhã gorou-se. Isto soube eu na passada sexta-feira. Alguém não fez bem o seu trabalho, e é por isso que não é possível na próxima quarta-feira e deve ser adiada para finais de março; ou pelo menos, parece que isso foi que disseram. Ai, burocratas...

Vamos aprender uma coisa: burocrata é uma palavra grave em português, como democrata.


Mais uma coisa. esta palavra é difícil para o vosso nível, mas deixo aqui:

gorar-se
3. [Figurado] Malograr-se; frustrar-se.


(Fotografia: Casa na aldeia)


PS. Na última hora do dia de hoje, o Miguel Jociles, da turma de 3º D, pareceu ficar estranhado por não haver uma receita de mousse, apenas uma fotografia. Deve gostar muito de chocolate. Será que ele tem jeito para a  cozinha ou vai pedir à mãe para ela fazer esta sobremesa? Teremos de perguntar ao Miguel. Para lhe fazer a vontade, eis esta mousse de chocolate caseira que achei no blogue Receitas bem boas. Reparem que dá para rever o imperativo, não dá?



Ingredientes

250 g de chocolate em tablete para culinária
125 g de margarina
5 ovos
125 g de açúcar (versão + saudável - açúcar amarelo)


Numa taça, coloque o chocolate e a margarina e derreta em banho maria, mexendo sempre sem parar.

Separe as gemas das claras, e bata as gemas com o açúcar, tudo muito bem misturado. Adicione à mistura do chocolate em fio mexendo sempre para não coalhar, retirar do quente.

Agora bata as claras em castelo e envolva com cuidado no preparado anterior, sem bater.

Leve ao frigorífico pelo menos 2 horas. Se deixar de um dia para o outro ficará bem melhor.

É uma receita fácil e deliciosa.