Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

O dinheiro da educação?

Fonte: Armazém do Educador

Isto tem a sua origem no Brasil, mas é evidente que pode ser aplicado, de certa maneira, ao nosso País, a Portugal, etc.

Nos labirintos, como os que vemos lá em cima,  perdem-se as pessoas, e as coisas também, perde-se tudo, mas no caso do dinheiro vai parar sempre aos mesmos lugares... É claro que neste caso não vai parar à escola (pública), não.