Ouguela (Alentejo, Portugal) em baixo; Alburquerque (Badajoz, Espanha) ao fundo.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Algumas fotografias da viagem à Serra da Estrela


Umas boas torradas (feitas numa torradeira, e assim aprendemos mais alguma palavra) de pão português na paragem que fizemos na auto-estrada, a caminho da Covilhã, porta da Serra da Estrela. Era o segundo pequeno-almoço dos professores. Os alunos levavam diferentes coisas nas suas mochilas para recuperar forças. O tempo estava bom e a maioria deles preferiu ficar fora das instalações do bar.



Uma vez chegados à Pousada e distribuídos os quartos, eram horas de almoçar. Muito importante, porque não muito depois começava a caminhada pela Serra com os guias da Associação Caminheiros Rosa Negra da Covilhã, como sempre, que são uns perfeitos profisionais da montanha.


Momentos antes de os alunos partirem para a caminhada

Devo dizer que interrompo o relato desse dia, 21, e deixo as fotografias da caminhada de 3 horas, que os nossos bravos alunos fizeram em duas horas e meia, para outra mensagem. Abrimos, então, um parêntesis, e passo para o dia seguinte, para o pequeno-almoço. A maioria das minhas fotos não ficaram boas, é pena. Cá está a  melhor delas:



Depois do pequeno-almoço, arrumar as malas, mochilas e um bocado de tempo livre na Sala de Convívio e na Sala de Jogos, antes de partir para a cidade da Covilhã.





"Vai uma partidinha?", parecem dizer as duas irmãs


 Como é divertido jogar aos matraquilhos, e ser espetadores também!




Elas as duas, apenas como espetadoras, parece...


 O que é que eles fariam sem os telemóveis?


Receção (conforme o Acordo), não "Recepção"

O que é que isto faz aqui? Lembram-se do Acordo Ortográfico de que já temos falado várias vezes na sala de aula? Ainda é possível encontrar em Portugal muitos letreiros com o p, que é mudo e não se pronunciava, mas lá estava a marcar presença (Recepção). Na Pousada mudaram o letreiro, pronto. Mas, como já sabem, muitas, mesmo muitas pessoas, não respeitam o Acordo e continuam a escrever como dantes...


 Todos os alunos, de malas arrumadas, à espera de subir ao autocarro


Última fotografia antes de subir ao autocarro. Estava um bocado de frio, mas era um belo dia


 Arte urbana na Covilhã e em baixo, alunos a contemplar






Na volta para Badajoz, na última paragem no caminho, a Melánia tocou ukelele um pouco para nós. Praticamente não foi possível na Pousada.




"Falta muito...?" 😄😄😄



Insisto. Estamos à espera de fotografias tiradas na Covilhã pelos alunos. Já sabem para onde devem enviar.